20 sinais de que você está desidratado

0

O nosso organismo depende de água para sobreviver, é o que todos sabemos. Quando não ingerimos o líquido suficiente para o bom funcionamento do nosso corpo, ocorre a desidratação. Isso acontece se houver o caso em que não haja uma quantidade satisfatória de líquido e ocasiona uma série de transtornos, podendo chegar a casos graves.

Há diversas causas da desidratação. Vejamos algumas delas:

Não poder ingerir líquidos (casos de coma ou em de pacientes ligados a respirador)

Suor em excesso (sudorese) – podem ter a ver com calor ou esforço

Febre

Vômitos

diarreia

aumento da quantidade de urina

Diabetes

Falta de água potável

 

Estou com muito sono

 

 

Alguns indivíduos, se desidratados, sofrem grandes riscos de vida. É o caso de crianças pequenas e bebês que sofrem muito com a desidratação. O motivo é que eles são muito pequenos ainda, com um volume baixo corporal. Por isso tanto cuidado com vômitos e diarreias em crianças e bebês.

Outras causas da desidratação

gastroenterite

cólera

shigellosis

febre amarela

transpiração excessiva

ingestão de álcool em grande quantidade

diabetes

perda de sangue

queimaduras

Sintomas da desidratação.

Procure prestar muita atenção aos sinais de falta de líquido no corpo. Mesmo que com sinais de desidratação leve, esta pode evoluir e prejudicar sua saúde e da sua família. Mas, o que é uma desidratação leve? Veja alguns sintomas que, se passarem sem serem percebidos, podem ocasionar complicações.

1. Dor de cabeça;

2. Sonolência;

3. Sede excessiva;

4. Pouca urina (preste atenção principalmente se os bebês não urinarem na fralda por um período em torno de três horas);

5. Pouca ou nenhuma lágrima ao chorar;

6. Boca seca e pegajosa;

7. Pele seca;

8. Prisão de ventre;

9. Tonturas.

Nos casos mais graves, em que ocorrem severos sintomas de desidratação, é preciso procurar imediatamente um médico. Podem ser por inúmeros motivos e, nessas ocorrências, é necessária a avaliação de um especialista para que não haja complicações. Se perceber alguns dos sintomas de desidratação abaixo, busque por uma clínica ou hospital para avaliação específica.

1. Sede extrema;

2. Sonolência;

3. Irritabilidade e confusão em adultos;

4. Ressecamento;

5. Redução da quantidade de urina;

6. Olhos fundos;

7. Pele seca e murcha, sem elasticidade;

8. Em bebês lactentes, fontanelas afundadas;

9. Pressão arterial baixa;

10. Batimento cardíaco rápido;

11. Respiração rápida;

12. Sem lágrimas ao chorar;

13. Febre.

Por mais que não pareça algo preocupante, ainda mais em crianças e bebês, um caso de desidratação leve pode ser tornar rapidamente algo grave. Por isso, prestar atenção nunca é demais. Também estar ciente de que um especialista poderá dar melhores soluções é a melhor saída.

Um sintoma mais óbvio é observar a cor da urina. Se você cuidar de idosos, é uma ótima forma de perceber um caso de desidratação. Se a cor da urina estiver clara, isso quer dizer que o organismo segue hidratado. Se perceber que está muito escura, fique atento, pois é muito provável haver um caso de desidratação.

Fazer check-ups periódicos e seguir as recomendações médicas também formas de prevenção de qualquer problema relacionado à desidratação. Cuida de sua saúde.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui